Conheça um pouco mais sobre a história da Nova Zelândia

A Nova Zelândia foi o último país a ser descoberto pelos homens!

A Nova Zelândia tem uma história rica e fascinante, refletindo nossa mistura singular de cultura māori e cultura europeia.

Por volta de 180 milhões de anos atrás a Nova Zelândia e a Austrália eram parte de uma gigante massa territorial chamada GONDWANA. Uma agitação tectônica causou a quebra e o afastamento da Nova Zelândia de quase 3000 km para o sul da Austrália, onde se encontra hoje.

O povo Māori foi o primeiro a chegar à Nova Zelândia, viajando em canoas desde Hawaiki a cerca de 1.000 anos atrás. Um holandês, Abel Tasman, foi o primeiro europeu a avistar o país, mas foram os britânicos que tornaram a Nova Zelândia parte de seu império

Em 1840, foi assinado o Tratado de Waitangi, um acordo entre a coroa britânica e os maoris. O tratado estabeleceu as leis britânicas na Nova Zelândia e é considerado como o documento fundador do país. O local onde o tratado foi assinado,Waitangi Treaty Grounds, foi preservado e atualmente é uma atração popular.

Você descobrirá incríveis locais históricos e taonga (tesouros) do povo Māori, bem como belos edifícios da era colonial espalhados pela cidade. Um passeio por qualquer cidade da Nova Zelândia mostra como o país se tornou culturalmente diverso e fascinante.

A Nova Zelândia, com sua população de 4 milhões, é menos populoso comparado com outros Países. Mas tem imposto seus fundamentos em todas as arenas do mundo, da ciência ao esporte e com êxito nas artes

O mais fascinante é que a nova Zelândia foi o último país a ser descoberto do mundo!